Delicias de Los Cabos

Chefs conhecidos e produtos locais elevam a experiência gastronômica.

PALAVRAS Allegra Hanlon
Maio 2019
COMPARTILHAR

São 19:00H em Cabo SAN Lucas, horário de pico para tirar fotos de um pôr do sol multicolorido. É um lugar invejável. Cabo San Lucas e San José del Cabo compõem Los Cabos, um destino turístico localizado no extremo sul da Península da Baixa Califórnia, na costa oeste do México, cercados pelo Oceano Pacífico e pelo Mar de Cortez. Fico arrebatada pelos tons alaranjados e rosados do céu até me trazerem um prato de amêijoas chocolatas, uma especialidade da região. Estou em Manta, o restaurante do célebre Chef Enrique Olvera no hotel The Cape.

Uma onda de luxo e gastronomia elevou a experiência culinária em Los Cabos, com chefs de renome como Olvera (que também é dono do Pujol, na Cidade do México), Ulises González (Casa San José 23400), Sidney Schutte (Cocina de Autor) e Benito Molina (La Revolución), transformando o lugar em um destino gastronômico onde a comida se beneficia de  peculiares ingredientes locais.

1. Amêijoas chocolatas

O enorme molusco atinge até seis polegadas de largura e é encontrado no mar de Cortez. Devido às suas limitações para exportação, é difícil comê-lo em outro lugar. É possível comê-lo marinado em limão, como uma ostra, ou em uma variedade de preparações criativas.

2. Totoaba

Esse peixe icônico da região é cobiçado pela deliciosa carne branca e pelas supostas propriedades curativas de sua bexiga (ou buche de totoaba). A Earth Ocean Farms, a duas horas de Cabo, tem as licenças e a infraestrutura para criar a totoaba de forma sustentável em seu ambiente natural e abastecer os restaurantes da região.

3. Licor de Damiana

Este licor típico da Baixa Califórnia é feito a partir da damiana, uma planta aromática. Deliciosa, seja sozinha com soda ou em coquetéis como margaritas de damiana.

4. Peixes e frutos do mar

Los Cabos é famosa por seus torneios de pesca. Mas também protege rigorosamente a vida marinha e a pesca de certas espécies, como o marlim (ou peixe-agulha), é estritamente regulada. No entanto, os restaurantes da região aproveitam a pesca diária. Um bom taco de peixe ou de polvo é imprescindível.

5. Queijo Ramonetti

Fundada pelo imigrante ítalo-suíço Peter Ramonetti em 1911, a fazenda Rancho La Campana, em Ensenada, produz um queijo artesanal de vacas Holstein ordenhadas duas vezes por dia. O queijo Ramonetti, feito com leite não pasteurizado, é cremoso.

Compartilhar

Artigos recentes

Nas Entranhas do Carnaval

O Mundo da Magia do Universal Orlando Resort

Karol G Encontra Seu Flow

As Grandes Bibliotecas dos Estados Unidos